.... SABER COMER E SABER BEBER ............................... Bom serviço na restauração


Espelta



Esta graminea antiga está a recuperar popularidade e possui mais nutrientes que o seu bem conhecido primo afastado, o trigo.

Usada para fazer pão e massa a espelta é extra-ordinariamente rica em manganés. De facto, uma dose de 115 g fornece dois terços de dose diária recomendada de oligoelementos, o que é muito importante para os atletas e vital para algumas funções do organismo, incluindo os ossos e a formação do tecido conjuntivo, a função da tiróide, a absorção de cálcio, a regulação do açúcar no sangue e o metabolismo da gordura e dos hidratos de carbono. A espelta é também uma importante fonte de zinco e selénio, que reforçam a imunidade.


RICA em: Vitaminas A, B1, B2, B3, B6, E, ácido fólico, cálcio, cobre, magnésio, manganés, fósforo, potássio, selénio e zinco.