.... SABER COMER E SABER BEBER ............................... Bom serviço na restauração


Melhor vinho português presente em concurso internacional CAAR recebe “Prémio Especial Portugal” em Bordéus

08-07-2013 19:25

A Casa Agrícola Alexandre Relvas (CAAR) recebeu o “Prémio Especial Portugal”, atribuído durante a 13.ª edição do concurso internacional “Citadelles du Vin”, que se realizou no final do mês passado em Bordéus, França.

            O vinho regional alentejano São Miguel Alicante Bouschet 2011 (casta caraterística do Alentejo) foi eleito o melhor vinho português presente no concurso. Para além desta menção especial, também foram medalhas de Ouro os vinhos da CAAR Pimenta Preta 2011, Merino 2011 e Segredos 2011.

            A representar Portugal estiveram 178 vinhos, dos quais 23 receberam Medalhas de Ouro e 29 de Prata. O “Prémio Especial Portugal”, alcançado pela CAAR, resulta da escolha feita entre as 23 Medalhas de Ouro alcançadas pelos vinhos portugueses.

            Este ano foram atribuídos 16 “Prémios Especiais por País”, nos quais Portugal é representado pelo vinho da CAAR. Esta é uma distinção que coloca Portugal ao lado de países como França, Espanha, Itália, Chile, Austrália, Canadá, Argentina, EUA e Hungria e que vem provar que os vinhos portugueses estão entre os melhores do mundo.

            O concurso “Cidadelles du Vin”, que contou com um júri composto por 60 elementos oriundos de 22 países, é bastante reconhecido internacionalmente, sendo considerado um dos mais importantes do mundo. Nesta edição foram a concurso 1159 vinhos produzidos em 29 países.

            Para a CAAR, o reconhecimento do mercado internacional tem sido visível através das distinções que os seus vinhos têm alcançado em países como EUA, Alemanha, China, Londres, entre outros.

            A estratégia da CAAR passa por crescer nos mercados onde já está presente (EUA, Brasil, Bélgica, Áustria, Alemanha, Holanda, Inglaterra, Irlanda, Angola e China), consolidar a atuação nos mercados do México e da África do Sul e desenvolver uma abordagem a novos mercados como a Rússia e a Coreia do Sul.

            Em 2012, a CAAR registou taxas médias de crescimento na ordem dos dois dígitos. A produção cresceu para 2,5 milhões de garrafas e a faturação aumentou 15%. Atualmente, a CAAR conta com 150 clientes em todo o mundo.

            Localizada no Redondo, a CAAR foi fundada em 1997 pelo empresário Alexandre Relvas e dedica-se à produção e comercialização de vinho regional alentejano.

—————

Voltar