.... SABER COMER E SABER BEBER ............................... Bom serviço na restauração

“Mestre”Germano homenageado em Vila Real de Santo António

18-08-2013 13:05

Em 1947, depois de alcançar o segundo lugar no antigo Campeonato Nacional da 2ª Divisão, o Lusitano FC fazia história ao subir ao primeiro escalão do futebol português onde permaneceu durante três épocas.

Germano, o “Cavalinho”, como era apelidado, foi um dos jogadores que fez parte dessa página brilhante do do Lusitano e de VRSA. A sua dedicação ao clube suscitou a homenagem de que foi alvo por parte da Junta de Freguesia de VRSA, do núcleo de veteranos do Lusitano, e o próprio clube, na primeira “Meia-maratona Mestre Germano” que decorreu no último fim de semana.

A última noite foi de emoções no campo Francisco Gomes Socorro, o mesmo que presenciou esse facto histórico há mais de sessenta anos. Germano ao pisar o relvado, agora sintético, do Francisco Gomes Socorro, confidenciou: “a última vez que aqui estive o campo era pelado e estava enlameado”.

Emocionado com a homenagem, referiu que, ao entrar novamente no campo Francisco Gomes Socorro, foi “embargado pela nostalgia, num campo de muitas memórias” e que “não esperava o carinho da freguesia, do Lusitano, dos veteranos do Lusitano e de todos os presentes”. Mas num misto de emoções, Germano realçou que é “com grande tristeza que vê a atual situação do seu Lusitano”, que disputa atualmente os distritais.

Germano fez questão de fazer a entrega de todos os troféus e até deu, de forma simbólica, o pontapé de saída da final. Manuel do Rio, visivelmente emocionado, relatou uma das jogadas de Germano dentro das quatros linhas, como se de um relato radiofónico se tratasse, levando os presentes numa viagem até ao longínquo ano de 1947.

Além da grande amizade que o liga a Germano, Manuel do Rio, salientou que ”foi uma sensação indescritível regressar após tantos anos ao campo Francisco Gomes Socorro, de onde guarda grandes recordações”.

Luís Romão, presidente da Freguesia de VRSA, ofereceu a Germano uma placa de homenagem pela sua dedicação ao Lusitano, referindo que “esta foi uma homenagem bem merecida e que estava em falta.

O Lusitano precisa de voltar a unir os vila-realenses e a aproximação a antigos jogadores só pode contribuir para tornar o clube mais forte ganhando com isso também a terra, que é manifestamente lusitanista.”

O autarca referiu, ainda, que a Freguesia de VRSA espera “voltar a organizar este torneio no próximo ano, homenageando outro veterano do clube e, se possível, envolver ainda mais associações.”

Miguel Vairinhos, presidente do Lusitano, ofereceu uma camisola da equipa possibilitando a Germano voltar a vestir de encarnado com o emblema da equipa do coração.

Adérito Barrada, da equipa dos veteranos do Lusitano, fez questão de realçar que “foi uma homenagem merecida a uma figura que faz parte da história do Lusitano e de Vila Real de Santo António”.

Germano é a imagem daquela equipa que, ao longo dos anos, foi desaparecendo, sendo sem dúvida a “alma viva” de uma geração de jogadores que escreveram uma das páginas mais bonitas do Lusitano e de Vila Real de Santo António e que nunca mais será esquecida. A mística de um clube é feita com a sua história.

 

Contatos

Raul Manuel Valente

raulmvalente@gmail.com

Vila Real Santo António

Portugal

+351963700439

Procurar no site

Contacte-nos

Amigo(a)

    Caso queira ajudar nos custos da manutenção e desenvolvimento do site, pode participar com uma pequena contribuição (1€).

 

Produtos

Raul valente.pt

Desenvolvido por Webnode