.... SABER COMER E SABER BEBER ............................... Bom serviço na restauração

Quarteirense ficou mais perto do título na 1ª Divisão Distrital

25-03-2011 20:21

 

Ao triunfar em Vila Real, diante do concorrente direto, o Quarteirense deu passo de gigante rumo ao título algarvio e consequente ascensão à 3ª Divisão Nacional.

A equipa de Quarteira tem, a seis jornadas do final da temporada, cinco pontos de avanço sobre os raianos e não é crível que os venha a perder. 

O Silves derrotou o Ferreiras e recuperou o 3º lugar numa jornada em que nenhuma das oito equipas da segunda metade da tabela conseguiu ganhar, continuando tudo indefinido na luta pela manutenção.

Lusitano-Quarteirense: Era o jogo do ano para ambos, sabedores de que quem perdesse poderia comprometer a subida de divisão. 

O empate deixaria tudo em aberto, mas, no final de um jogo cheio de emoções, quem fez a festa foram os visitantes que, com este triunfo, já têm um pé na 3ª Divisão Nacional.

Ambas as equipas entraram cautelosas, nitidamente mais preocupadas em não dar espaços ao opositor. 

No entanto, com o decorrer dos minutos o Lusitano foi ganhando ascendente, e, perto do intervalo, numa grande penalidade cometida por Idalécio sobre Marco Nuno, colocou-se em vantagem. 

Edgar Rosa converteu a grande penalidade e, para além de colocar a sua equipa em vantagem, passou para o 1º lugar da tabela e assim esteve até aos 62 minutos quando Anderson, também de grande penalidade, restabeleceu a igualdade. 

De resto, este penálti foi contestado pelos raianos, que alegam ter a falta sido cometida fora da área. 

Nelson Afonseca terá ofendido, com palavras, o árbitro José Albino e este, de pronto, exibiu-lhe o cartão vermelho.

Com menos uma unidade em campo, o Lusitano perdeu fulgor, enquanto o Quarteirense reforçou a sua posição no meio campo contrário, vindo, num cabeceamento de Vandame, a assumir, pela primeira vez, a liderança no marcador. 

O Lusitano ainda procurou reagir, mas perto do fim foi a vez de Filhó executar um chapéu ao desamparado João Azul e fixar o resultado em 3-1, o que dá, no caso de uma possível igualdade pontual entre as duas equipas no final do campeonato, vantagem para a turma de Quarteira.

«Esta vitória coloca-nos numa posição privilegiada, mas nada está ganho. Se queremos ser campeões, teremos que manter a mesma concentração e humildade», adiantou Marito, treinador do Quarteirense.

«Tivemos hipóteses de ganhar e chegar ao 1º lugar. Depois, com menos um jogador, tudo se complicou. Quanto ao título, está mais difícil, mas não vamos desistir», disse o treinador do Lusitano Ivo Soares.

Ficha do jogo:

Lusitano VRSA 1 - Quarteirense 3
Campo Francisco Gomes Socorro, em Vila Real de Santo António.
Árbitro: José Albino, auxiliado por Ricardo Martins e Gilberto Carvalho.

Lusitano VRSA: João Azul; Guilherme, Nuno Silva, Carlos Neves, Luís Firmino, António (Daniel Gomes, 79), Marco Nuno, Júlio Madeira, Edgar Rosa (Bruno Conduto, 71), Nélson Afonseca e Cris Baiano (Marco Cavaco, 73).
Treinador: Ivo Soares

Quarteirense: Pereira; Carolo, Idalécio, Trindade, Filhó, Vandame, Jaime (Alemão, 46), Rodrigo, Marquito (Toni, 78), Vila (Diogo, 89) e Anderson.
Treinador: Marito

Golos: Edgar Rosa (41, gp), Anderson (62, gp), Vandame (67) e Filhó (85).

Cartões amarelos: Idalécio (40), João Azul (56), Nélson Afonseca (61), Trindade (64), Luís Firmino (66) e Guilherme (90).

Cartão vermelho: Nélson Afonseca (61).

   

  

Contatos

Raul Manuel Valente

raulmvalente@gmail.com

Vila Real Santo António

Portugal

+351963700439

Procurar no site

Contacte-nos

Amigo(a)

    Caso queira ajudar nos custos da manutenção e desenvolvimento do site, pode participar com uma pequena contribuição (1€).

 

Produtos

Raul valente.pt

Desenvolvido por Webnode